Criança e Adolescente: Congresso online gratuito discutirá impacto da tecnologia na educação

Nenhum comentário
Foto por Julia M Cameron em Pexels.com

Haverá certificação para quem participar do evento telepresencial, que terá a duração de quatro horas e abordará temas importantes para a proteção de crianças e adolescentes

A Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em parceria com o Juizado Especial da Infância e Adolescência (Jeia) de Bauru e o Centro Universitário de Bauru – ITE, promove na próxima terça-feira, 9/11, o IV Congresso de Proteção aos Direitos das Crianças e Adolescentes, com o tema “O impacto da tecnologia na educação: Desafios e perspectivas”. O evento, inteiramente telepresencial, dispensa inscrição prévia e será transmitido a partir das 8h pelo canal do Youtube da Escola Judicial.

O diretor da Ejud-15, desembargador João Batista Martins César, abre oficialmente o evento, com a participação do vice-presidente admistrativo da Corte, desembargador Fábio Grasseli, da reitora do Centro Universitário de Bauru, Roberta Cristina Paganini Toledo, da diretora Regional de Ensino de Bauru, professora Gina Sanches, e da secretária municipal da Educação de Bauru, professora Maria do Carmo Monteiro Kobayashi.

Dois painéis integram o evento de quatro horas. No primeiro, sob o tema “Tecnologia na vida das crianças e adolescentes”, o desembargador Edmundo Fraga Lopes atua como debatedor entre os palestrantes. A juíza Ana Cláudia Pires Ferreira de Lima, diretora do Fórum Trabalhista de Bauru e coordenadora do Jeia local, fala sobre  “A importância da educação diante do impacto da tecnologia nas relações de trabalho”, e o advogado José Antonio Milagre, especialista em crimes cibernéticos, mestre e doutor pela Unesp,  fala sobre “Crimes cibernéticos contra crianças e adolescentes e dicas de segurança”.  

“O impacto do uso da tecnologia na educação e na saúde” é o tema do segundo painel, que terá como debatedor o procurador do Estado Vanderlei Ferreira de Lima. A primeira palestrante, a professora Danielli Santos da Silva, mestre em televisão digital, fala sobre “Tecnologia na Educação”. A segunda palestrante, a psicóloga Célia Roccio Garcia Lopes, aborda o tema “Educação telepresencial e a saúde mental das crianças e adolescentes”.
Às 11h30, a palestra “A educação como forma de combate à exploração humana”,  a ser ministrada pelo juiz do trabalho aposentado, advogado e jornalista José Roberto Dantas Oliva,  encerra os trabalhos.

Fonte: Comunicação Social do TRT 15

Abaixo, o link do canal do YouTube da Escola Judicial do TRT 15, que transmitirá o evento