Categoria: Opinião

Combate ao trabalho infantil exige investimento em educação

Por Kátia Magalhães Arruda e José Roberto Dantas Oliva(*)   Em vez de brincar e estudar, como seria próprio da idade, 2,5 milhões de meninos e meninas de 5 a 17 anos trabalham no Brasil, vítimas da falta de percepção de que isso comprometerá o desenvolvimento das potencialidades individuais e também o futuro do próprio

Continue lendo

Municípios precisam assumir papel que lhes cabe no combate ao trabalho infantil

Uma boa parte, senão a maioria dos municípios brasileiros, já possui uma rede estruturada, com o objetivo de cumprir o comando constitucional (artigo 227 da CRFB, que agora o estende também aos jovens) e legal (Estatuto da Criança e do Adolescente) de proteção integral e absolutamente prioritária que deve ser devotada às crianças e adolescentes.